A nova linguagem de programação, Swift será o Android base

O Google considera que, no futuro, a nova linguagem de programação, Swift, será a base do Android. O que isso significa exatamente? Basicamente, o Android será completamente alterado. No momento, o Android é um sistema operacional baseado na linguagem de programação Java. Uma linguagem de programação que não é "amigável ao usuário" para desenvolvedores ou dispositivos móveis em que é executada. Sabe-se que a maioria dos dispositivos (telefones celulares, smartphones, tablets) encontra problemas de segurança e principalmente estabilidade devido à otimização do Android. O Swift seria um passo à frente para o Google, mesmo que isso signifique muita linguagem de programação de código aberto, desenvolvida pela Apple.

Swift é uma linguagem de programação interativo e até divertido, de acordo com os Apple, que o desenvolveram e integraram em todos os dispositivos. Atualmente, rápido é usado para tudo o que significa sistema operacional desenvolvido pela Apple. OS X (IMac, Mac, MacBook Pro, MacBook Air) iOS (Todos os modelos de iPhone, iPad, iPod Touch) tvOS (sistema para Apple TV) sim RELÓGIO (relógios inteligentes de Apple). Outra força do Swift é que otimização de desempenho para dispositivos.
Vamos fazer uma pequena comparação. Como um iPhone rodando iOS 1GB RAM, e como executar um Android em um Samsung 1GB RAM? Por experiência, dizemos que no Android, 1GB RAM não é suficiente. A linguagem Java que executa o Android é um pouco esmagadora, assim como a tecnologia Flash desenvolvida pela Adobe. Com o tempo, ambos permanecerão como referências na história da TI.

swift_apple

Vamos ver e vamos esperar com grande interesse este passo da Google. Esta deve ser focando passo uma nova era na smartphones e outros dispositivos móveis.

A nova linguagem de programação, Swift será o Android base

Sobre o autor

discrição

Apaixonado por tudo o que significa gadget e TI, tenho o prazer de escrever no stealthsettings.com da 2006 e adoro descobrir coisas novas sobre computadores e macOS, sistemas operacionais Linux, Windows, iOS e Android.

Deixe um comentário